Campus Toledo

Cursos e Eventos

Cursos de Extensão
Título:

Libras – Língua Brasileira de Sinais: Atendimento e comunicação com pacientes surdos.

 

Resumo:

Atualmente a Inclusão destaca-se em todo o ambiente escolar e este é objetivo de muitas discussões e enfrentamentos. Quando falamos em Incluir pessoas Surdas em ambiente escolar, precisamos pensar que existem vários apontamentos importantes que devem ser levados em conta, como: ambiente favorável para a inclusão, profissionais capacitados para tal atendimento (como Tradutores e Intérpretes de LIBRAS), e docentes conscientes das particularidades envolvidas neste processo educativo. A sociedade inclusiva oferece a oportunidade para cada indivíduo se desenvolver conforme suas potencialidades, sendo no campo profissional ou educacional. A realidade do indivíduo surdo demanda uma comunicação diferenciada para o mesmo se construir como um sujeito ativo no ambiente onde está inserido, portanto a importância de difundir a Libras em todos os locais de aquisição de conhecimento, e acesso público, é fundamental para torná-lo um cidadão crítico e consciente do seu papel na sociedade. Essa preocupação é um dos significativos e mais importantes desafios que se tem enfrentado, pois para que exista inclusão faz-se necessário que todos os indivíduos envolvidos neste processo inclusivo aprendam a Língua de Sinais como proposta para facilitar a comunicação entre surdos e ouvintes. Essa proposta foi firmada na Lei nº 10.436 de 24 de abril de 2002, Art. 2º em que “deve ser garantido, por parte do poder público em geral […], formas institucionalizadas de apoiar o uso e difusão da Língua Brasileira de Sinais – Libras como meio de comunicação objetiva e de utilização corrente das comunidades surdas do Brasil”, e também por meio do Decreto nº 5.626 de 22 de dezembro de 2005, Cap. IV, Art. 14, Inc. V em que se deve “apoiar, na comunidade escolar o uso e difusão de Libras entre professores, alunos, funcionários, direção da escola e familiares, inclusive por meio da oferta de cursos”. Nesse sentido o presente curso vem contribuir para que o atendimento do sujeito surdo possa acontecer verdadeiramente e que a barreira de preconceito e da comunicação seja quebrada mediante proposta pedagógica adequada a suprir necessidades básicas, como é esta da comunicação, fator inerente ao ser humano. O foco principal das aulas será no atendimento, conversação e identificação de situações do cotidiano onde pessoas que utilizam modalidades distintas de comunicação estarão em contato

 

Eventos de Extensão
Título:

O amor que pulsa no peito, leva vida pra fora dele. Doe sangue

Objetivo:

Conscientização da importância da doação e contribuir com a reserva do banco de sangue.

Programação:

Orientação sobre a importância da doação de sangue

Data: 26/06/2017 à 30/06/2017

 
Título:

Promovendo Saúde na Comunidade

 

Objetivo:

Promover ações de saúde com a comunidade.

Programação:

Aferição de pressão arterial; exame de glicemia capilar; vacinação; educação em saúde com os temas: importância da coleta do preventivo e exames de mamas, orientações para controle de hipertensão e diabetes; coleta de preventivo e exames de mamas; solicitação de mamografia para mulheres acima de 50 anos; avaliação em idosos para rastreamento de neoplasias de pele, teste rápido (HIV, sífilis e hepatite B e C); avaliação odontológica, avaliação física com educador físico e prevenção de quedas em idosos.

Data: 13/05/2017

 
Título:

Dia C – Dia Cooperativismo

Objetivo:

Orientação a comunidade sobre cuidados em saúde durante o dia C, dia mundial de cooperativismo.

Programação:

Ação de orientação em Saúde – aferição de pressão, dosagem de glicemia, cálculo de IMC, orientação de saúde bucal, prevenção em saúde.

Data: 01/07/2017.

 
Título:

Atitude frente ao fim

Objetivo:

Promover uma discussão sobre fatores associados a questões éticas de intervenções para pacientes portadores de doenças terminais, como a ortotanásia e distanásia. Apresentar e discutir as condutas associadas a comunicação de morte e a intervenção junto aos familiares para doação de órgãos.

Programação:
– Palestra com Dr. Fernando Roberto Roman – Ortotanásia e distanásia: a quem cabe decidir?

– Palestra com Enf. Itamar Weiwanko – Comunicação da morte e a esperança no transplante de órgãos.

РPalestra com Prof. Jaime Jos̩ Rauber РAspectos ̩ticos frente ao fim.

– Mesa redonda.

Data: 10/07/17

 
Título:

Suporte Básico de Vida

Objetivo:

Capacitar para assistência inicial em situação de parada cardiorespiratória (PCR). Ensinar o reconhecimento da PCR, os passos que devem ser seguidos, as principais causas e sintomas.

Programação:

Aula com conteúdo teórico didático e prático, acessível ao público leigo para trazer a informação necessária para atuação em situações de emergência. Treinamento da sequência correta da assistência e das manobras de reanimação cardiopulmonar (RCP), por meio de simulação de casos e prática em bonecos.

Data: 19/08/2017

 
Título:

Patologia: do princípio à prática.

Objetivo:

Fornecer a visão de profissionais patologistas aos alunos, enfatizando os princípios da área bem como da prática clínica. Além disso, propõe-se promover a interação dos profissionais da região com a universidade.

Programação:

– Palestra: Introdução à Patologia. Palestrante: Dr. Carlos Floriano de Morais

– Palestra: Patologia: prática clínica e rotina do profissional. Dra. Carolina Kosako.

РDiscusṣo e questionamentos.

Data: 21/08/2017

 
Título:

Conferencias Integradoras – Semiologia e História da Medicina

Objetivo:

Promover capacitação do estudante de medicina na avaliação e atendimento ao paciente com hepatopatia crônica, apresentar temática sobre a história da medicina com proposito de refletir sobre a dimensão histórica e social dos conhecimentos na profissão médica.

Programação:

РConfer̻ncia: semiologia do Hepatopatia Cr̫nica

– Conferência História da Medicina Científica

Data: 21/07/2016.

Redes Sociais

UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Youtube
Universidade Federal do Paraná
Campus Toledo
Rua General Rondon, 2195, Jardim La Salle
Telefone: (45) 3277-4950
CEP: 85902-090 - Toledo (PR) - Brasil

E-mail: ufprtoledo@ufpr.br
UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Youtube
Campus Toledo
Rua General Rondon, 2195, Jardim La Salle
Telefones: (45) 3277-4950
CEP: 85902-090 - Toledo (PR) - Brasil

E-mail: ufprtoledo@ufpr.br
Imagem logomarca da UFPR

©2017 - Universidade Federal do Paraná - Campus Toledo

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pelo Centro de Computação Eletrônica da UFPR